Logo
BlogArtigos Científicos

Artigos científicos – Cannabis medicinal e distúrbios neurológicos

1 minutos de leitura
27 de fevereiro de 2020

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, aproximadamente 50 milhões de pessoas lutam contra epilepsia e 24 milhões contra a doença de Alzheimer e outras demências.
Estima-se que cerca de 6,8 milhões de pessoas morrem a cada ano devido a distúrbios neurológicos
Os distúrbios neurológicos afetam pessoas em todo o mundo e estão alcançando uma proporção substancial em países com altas porcentagens de pessoas com mais de 65 anos.
As estimativas mostram que 47,5 milhões de pessoas em todo o mundo têm demência. A cada ano, existem 7,7 milhões de novos casos, com a doença de Alzheimer sendo a causa mais comum – contribuindo potencialmente para 60 a 70% dos casos. A enxaqueca afeta mais de 10% da população mundial.

Já existem evidências de que os canabinoides podem ser usados para tratar distúrbios neurológicos – incluindo epilepsia e sintomas da esclerose múltipla (como por exemplo, espasticidade e dor).
Selecionamos 8 importantes artigos sobre o uso dos canabinoides nem condições neurológicas. Acompanhe!

Pharmacology of Medical Cannabis

Practical considerations in medical cannabis administration and dosing

The safety, tolerability, and effectiveness of PTL-101, an oral cannabidiol formulation, in pediatric intractable epilepsy: A phase II, open-label, single-center study

Clinical Endocannabinoid Deficiency Reconsidered: Current Research Supports the Theory in Migraine, Fibromyalgia, Irritable Bowel, and Other Treatment-Resistant Syndromes

Cannabidiol for the treatment of psychosis in Parkinson’s disease 

A systematic review of cannabidiol dosing in clinical populations 

Cannabidiol improves frequency and severity of seizures and reduces adverse events in an open-label add-on prospective study 

Effectiveness and tolerability of THC:CBD oromucosal spray as add-on measure in patients with severe chronic pain: analysis of 12-week open-label real-world data provided by the German Pain e-Registry 

Gostou do artigo?

Loading...