Logo
Blog  >  Ação no corpo

Fitocanabinoides: conheça os 9 mais estudados

3 minutos de leitura
11 de junho de 2020

Já se sabe que a canabis possui mais de 100 fitocanabinoides diferentes. Enquanto a maioria deles possui concentrações baixas, outros são abundantes na composição da planta.

Fitoanabinoides: Psicoativos ou intoxicantes?

Quando você ouviu falar sobre cannabis pela primeira vez, qual foi a informação que chegou até você? Falaram sobre benefícios medicinais? Te contaram sobre como a planta pode ser usada na indústria têxtil? Ou será que te contaram que ela é capaz de modificar como uma pessoa se sente e deixá-la “alta”?

A utilização da cannabis está comumente associada ao uso adulto. Onde os efeitos intoxicantes da planta são utilizados para promover uma sensação de euforia e bem-estar. Importante destacar que o fato da planta produzir efeitos classificados como intoxicantes não faz dela intoxicante de fato. Afinal, nenhuma das substâncias presentes na cannabis são tóxicas. Não temos receptores canabinoides no tronco cerebral, isto faz com que seja impossível haver uma parada cardiorrespiratório induzida por cannabis, e até hoje não foram registradas mortes por abuso da planta – que já é consumida há milhares de anos pelo ser humano. No entanto, alguns compostos presentes nela podem causar efeitos intoxicantes, que são efeitos colaterais não desejados e que chamaremos aqui de psicoativos para facilitar o entendimento. Vamos esclarecer também que todos os fitocanabinoides descobertos até hoje são psicoativos, pois agem no corpo e podem alterar a percepção, o humor, o comportamento e a consciência.
Com todas as explicações realizadas podemos começar a falar de fato sobre o assunto de hoje: canabinoides. A maioria dos canabinoides estudados até hoje não apresenta efeito psicoativo.

CBD – Canabidiol

O canabidiol (CBD) é um dos fitocanabinoides encontrados em maior concentração na cannabis. Se trata de uma substância não psicoativa. O CBD vem ganhando cada vez mais destaque por conta de sua versatilidade para tratar diferentes patologias. Pesquisas científicas e estudos clínicos também tem contribuído para a notoriedade do composto, uma vez que seus resultados vem afirmando a segurança e eficácia que o canabidiol possui.

THC – Tetrahidrocanabinol

Sabe os efeitos que comumente são relacionados ao consumo de cannabis? Como relaxamento, euforia, distorção do tempo e aumento do apetite? O responsável por esta gama de efeitos é o THC. Um dos canabinoides mais abundante presentes na cannabis.
Segundo estudos realizados, o THC pode ser um aliado para aliviar dores, náuseas, vômitos, melhorar o sono e estimular de apetite. Além disso, possui propriedades anti-inflamatórias. Isso sugere que ele pode exercer um importante papel no tratamento de condições como a artrite. Foi demonstrado ainda que o THC pode retardar o desenvolvimento da ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica e também do Alzheimer.

CBC – Canabicromeno

O CBC tem se mostrado uma importante promessa terapêutica. Ele demonstrou eficácia no controle de inflamações, como antidepressivo e no favorecimento da neurogenese (processo de formação de novos neurônios). Quando combinado com outros canabinoides, o CBC também demonstrou ser um potencial agente antitumoral. Ele é o terceiro canabinoide mais prevalente na cannabis.

CBN – Canabinol

O canabinol é um composto não psicoativo. Pesquisas indicam que o ele estimula o apetite e oferece efeitos bactericidas, anti-inflamatórios e analgésicos.
Pacientes com glaucoma também poderiam se beneficiar deste canabinoide. Estudos apontam que o CBN diminui a pressão ocular.

CBG – Canabigerol

O CBG é uma substância não psicoativa que normalmente é encontrada em uma concentração inferior à 1%.
Ainda há muito estudo pela frente para entendermos ao certo todos os efeitos e possibilidados do canabigerol. No entanto, pesquisam indicam que ele é capaz de favorecer o tratamento do glaucoma, reduzir a inflamação, estimular o apetite, inibir o crescimento de tumores e encorajar o crescimento ósseo.

THCV – Tetrahidrocanabivarina

A psicoatividade do fitocanabinoide THCV é incerta, mas testes afirmam que ele possui aproximadamente 25% da potência que o THC tem. Mais estudos são necessários, no entanto ele já demonstrou potencial para promover a perda de peso e reduzir a frequência de convulsões. Além disso, também foi associado a propriedades antioxidantes e analgésicas.

CBDV – Canabidivarina

Comumente encontrado em cepas de cannabis que possuem uma quantidade maior de CBD e menor de THC, o CBDV não demonstra psicoatividade. Estudos demonstraram que ele pode ser benéfico o controle de crises convulsivas e também no combate a náuseas.

CBDA – Ácido canabidiólico

O CBDA não possui psicoatividade. Ele é o precursor do CBD. Pesquisas científicas indicam que ele possui propriedades analgésicas, anti-inflamatórias, antioxidante, anticâncer e antibacterianas. Além de ser promissor contra náuseas.

THCA – Ácido tetrahidrocanabinólico

O THCA é precursor do THC. As pesquisas sobre este fitocanabinoide estão em andamento. No entanto já se sabe que ele parece possuir propriedades neuroprotetoras e anti-inflamatórias. Também pode ser uma alternativa contra o câncer e náuseas.

O tratamento com cannabis pode ser para você!

Para saber se o tratamento com cannabis é o ideal para a sua condição ou de algum conhecido ou familiar, cadastre-se gratuitamente na plataforma! Consulte um médico prescritor e conte com todo o apoio da Dr Cannabis para ter acesso legal a medicamentos à base de cannabis. Caso já tenha cadastro, encontre um médico prescritor ao acessar o seu perfil.

É um médico e tem interesse na terapêutica canábica?

Há milhares de pessoas em busca de médicos prescritores. Nós também podemos ajudar com informações sobre o tratamento com cannabis medicinal. Junte-se a nós pela qualidade de vida de milhares de pacientes, faça seu cadastro como médico gratuitamente ou acesse o seu perfil.

Quarentena e cannabis: Receba atendimento médico da sua casa!

Pacientes de todo o Brasil cadastrados na Dr. Cannabis já podem realizar atendimento médico à distância durante a quarentena. O Ministério da Saúde e o CFM (Conselho Federal de Medicina) decidiram regular atendimentos médicos à distância como medida de controle da propagação do COVID-19. Acesse o seu perfil, procure um dos médicos com o ícone e câmera, escolha o que quiser e agende uma consulta! Se você ainda não possui perfil, cadastre-se gratuitamente e comece a se cuidar agora mesmo.

Gostou do artigo?

Loading...