Logo
BlogNotícias

Quarentena com saúde: CBRMC realiza atendimentos online pela Dr. Cannabis

8 minutos de leitura
8 de maio de 2020

Pacientes de todo o Brasil cadastrados na Dr. Cannabis já podem realizar consultas médicas online. Em tempos de quarentena, o Ministério da Saúde e o CFM (Conselho Federal de Medicina) decidiram regular atendimentos médicos à distância como medida de controle da propagação do COVID-19.

Uma das empresas médicas que agregou esta modalidade de atendimento é o Centro Brasileiro de Referência Medicina Canabinoide – CBRMC, fundado em 2019, no Rio de Janeiro. Se trata de uma clínica que presta assistência ao paciente, educação de profissionais da saúde, pesquisa clínica e consultoria sobre medicina canabinoide. Você pode agendar uma consulta online com um dos profissionais do CBRMC agora mesmo! Basta se cadastrar ou acessar o seu perfil.

Conversamos sobre o papel da cannabis na saúde humana e a importância da telemedicina com a Dra Ailane Araujo, médica especialista em medicina canabinoide que atende no CBRMC. Acompanhe abaixo:

Dr. Cannabis: O CBRMC tem como foco o tratamento de alguma patologia específica?

Dra Ailane: Atendemos todas as especialidades, todas as patologias. O nosso foco é melhorar a qualidade de vida das pessoas e proporcionar o bem-estar para os nossos pacientes e familiares. Temos como norte o olhar da medicina integrativa, ou seja, corrigimos o metabolismo do paciente para termos um resultado eficaz, tratando a causa e não apenas a parte sintomática. Além disso, também prestamos esclarecimentos para a classe médica no que diz respeito à medicina canabinoide.

Dr. Cannabis: Diante da quarentena, qual o maior desafio que você enxerga para o cuidado à saúde que é realizado na clínica?

Dra Ailane: Acredito que neste período de quarentena as pessoas puderam observar o quanto e como elas vem cuidado de si mesmas. Esta pandemia fez o mundo todo voltar os olhos para a área da saúde. Podemos observar pessoas que nunca tiveram tempo para se cuidar prestando mais atenção em como se sentem e nos sinais que o corpo dá. Tanto nos sinais que surgiram agora quanto nos que já estão lá há muito tempo. A rotina corrida unida ao estresse do dia-a-dia, fazem com que a imunidade das pessoas fique baixa. Isso propicia o desenvolvimento de vírus, quadros infecciosos, entre outras patologias.

Temos orientado nossos pacientes sobre a importância do suporte do sistema imunológico, comportamentos fundamentais para fortalecer esse importante sistema e como manter a saúde. O objetivo é exatamente evitar o surgimento de doenças. Nosso esforço tem sido para que cada paciente possa olhar para a sua alimentação e seu estilo de vida e assim entender como ele pode ser a melhor versão de si mesmo, com mais saúde e bem-estar.
Além disso, buscamos um cuidado personalizado para os pacientes que já convivem com alguma doença, pautado por proporcionar mais qualidade de vida a cada um deles.

Dr. Cannabis: Por que optou pela telemedicina? Qual o maior benefício desta medida?

Dra Ailane: A telemedicina veio como uma oportunidade de prestar atendimento a qualquer pessoa independente da região onde ela esteja. Atender pacientes à distância nos permitiu auxiliá-los e orientá-los para que tenham mais qualidade de vida, iniciando um tratamento para aliviar as dores. Não só as físicas, mas também no que diz respeito à saúde mental.

Dr. Cannabis: Você acredita que esta alternativa de telemedicina pode permanecer após este período de quarentena?

Dra. Ailane: Eu não só acredito como espero que a telemedicina permaneça após este período de quarentena. Desta forma conseguiremos ajudar muitos dos pacientes que estão em outros estados ou em localidades de difícil acesso para iniciar um tratamento. Assim poderemos fazer o que mais queremos: oferecer cuidado e atenção para cada um que necessita.

Dr. Cannabis: Por que acredita que a cannabis pode ser uma aliada para tratar condições de saúde?

Dra Ailane: Todo mundo tem um sistema chamado endocanabinoide. Apesar de ter sido descoberto há pouco tempo, já se sabe que ele possui a maior quantidade de receptores espalhados pelos outros órgãos do corpo, isso o torna o maior sistema que nós temos. Em função disso, ele teria a capacidade de modular os demais sistemas.
Muitas pesquisas e artigos apontavam que nós sofreríamos uma deficiência deste sistema, chamada de Síndrome da Deficiência Clínica de Endocanabinoide, proposta em 2011 pelo neurologista Ethan Russo. Devido a essa deficiência, nós temos uma dificuldade para modular os outros sistemas que possuímos.
Como ele atua por sinalização retrógrada – primeiro o corpo faz as comunicações necessárias e depois o sistema endocanabinoide refaz estas mesmas comunicações garantindo que sejam realizadas corretamente – a cannabis assume um papel de protagonismo. Ela age como uma espécie de suplemento deste sistema, promovendo o reequilíbrio do corpo. Devido aos fitocanabinoides que possui, a cannabis medicinal sempre vai buscar a homeostase. Lembrando sempre que é importante entender cada sistema e a situação clínica de cada paciente, para saber se realmente há indicação para a utilização de canabinoides no tratamento. Por isso a importância de ter um profissional que acompanhe e oriente o caso.

Veja também: Sistema endocanabinoide: o que é e como funciona

Conheça os médicos do CBRMC que realizam atendimento à distância na Dr. Cannabis:

Dra Ailane Araujo

Quer agendar uma consulta com a Dra Ailane Araujo? Clique aqui!

Dica: Você precisa estar logado para acessar diretamente o perfil da Dra Ailane Araujo para agendar uma consulta. Então primeiro acesse o seu perfil. Caso ainda não esteja cadastrado, basta se cadastrar gratuitamente.

 

Dr Wellington Briques

Quer agendar uma consulta com o Dr Wellington Briques? Clique aqui!

Dica: Você precisa estar logado para acessar diretamente o perfil do Dr Wellington Briques para agendar uma consulta. Então primeiro acesse o seu perfil. Caso ainda não esteja cadastrado, basta se cadastrar gratuitamente.

Gostou do artigo?

Loading...