Blog tratamentos

Canabinoides no tratamento oncológico

4 min de leitura,      31 de outubro de 2019

Um dos primeiros usos terapêuticos da cannabis que foi estudado na literatura médica moderna foi associado à quimioterapia em pacientes com câncer. Há evidências médicas, acumuladas desde as décadas de 1980 e 1990, de que os canabinoides no tratamento oncológico têm um papel importante a desempenhar. Eles podem ajudar a gerenciar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Alívio da dor

Independente se o paciente é ou não submetido a quimioterapia, a dor é um sintoma muito comum. Uma vez que o tumor em si pode ser doloroso.

Os medicamentos quimioterápicos também podem causar dor, embora essa seja uma causa um pouco mais rara nos pacientes com câncer.

A cannabis medicinal ajuda a aliviar tal dor crônica em vários pacientes com diferentes condições médicas. Em particular, ajuda as pessoas na quimioterapia.

Veja também: Tratamento com Cannabis é pra mim?

Estimula o apetite

Muitos pacientes submetidos à quimioterapia para o câncer sofrem uma drástica perda de apetite. Alterações metabólicas e às vezes até o próprio câncer podem causá-la. 

Geralmente a quimioterapia causa graves aversões alimentares, náuseas e vômitos.

Os canabinoides no tratamento oncológico estimulam o sistema endocanabinoide. Esse mecanismo permite que o THC, em particular, seja capaz de interagir com os receptores deste sistema e auxiliar na regulação do apetite.

Redução de náusea e vômito

Sendo assim, Para muitos pacientes submetidos à quimioterapia, náuseas e vômitos são os sintomas mais graves e prevalentes.

Isso é agravado pelo fato de que os medicamentos convencionais usados ​​para tratar esses sintomas são ejetados pelo paciente.

Uma revisão publicada no British Medical Journal afirma que a cannabis medicinal é eficaz em todos os tipos de quimioterapia.

Dessa forma, a evidência sugere que a cannabis medicinal desempenha um papel importante no gerenciamento dos sintomas para pacientes com câncer. 

Como em todos os tratamentos médicos, os riscos e benefícios devem ser pesados, no entanto. Mais pesquisas demonstrarão as situações específicas em que a cannabis pode ser a escolha certa para os pacientes submetidos à quimioterapia.

Gostou do artigo?

Loading...
É paciente?
Nossa missão é ver você bem
CADASTRE-SE
É médico?
Tudo sobre tratamentos com cannabis está aqui para você
CADASTRE-SE