Logo
Blog  >  Tratamentos

CBD tem potencial antipsicótico para tratamento da esquizofrenia

minutos de leitura
25 de fevereiro de 2021
Será que o CBD tem potencial antipsicótico para tratamento da esquizofrenia? É o que você descobrirá agora!

CBD legal cannabis medical virtues: anti-inflammatory, analgesic, anxiolytic, etc. CBD and THC formula. Thematic photos of hemp and green ganja. Background image

A esquizofrenia é um distúrbio que afeta a clareza dos pensamentos, sentimentos e comportamentos. Esses pacientes sofrem com alucinações e delírios de perseguição que, dependendo da gravidade, podem levar ao suicídio. O isolamento e o distanciamento afetivo também são características dos esquizofrênicos. O uso da Cannabis é polêmico quando se trata de psicoses, mas CBD tem potencial antipsicótico para o tratamento da esquizofrenia.

É fácil se deparar com estudos que relacionam o uso da Cannabis com o desenvolvimento de transtornos como a esquizofrenia. Mas não porque a planta em si tem essa capacidade, mas sim pelo perfil de vulnerabilidade à psicose de quem tende a usá-la de forma precoce ou em demasia.

Apesar dos estudos apontarem a planta como um fator de risco para esquizofrenia em pessoas com vulnerabilidade genética ou psicossocial, é preciso ponderar que a exposição à Cannabis não é causa nem necessária e nem suficiente para o desenvolvimento da esquizofrenia, de acordo com artigo publicado na Brazilian Journal of Psychiatry.

A mesma publicação afirma que “a relação entre a exposição à Cannabis e a esquizofrenia preenche alguns os critérios usuais de causalidade, mas não todos, de acordo. No entanto, a maior parte das pessoas que usam Cannabis não desenvolve esquizofrenia e muitas pessoas diagnosticadas com esquizofrenia nunca utilizaram Cannabis.”

CBD e seu potencial antipsicótico

Mesmo diante de um quadro de incertezas quanto aos efeitos da Cannabis em pessoas com pré-disposição ou pacientes com esquizofrenia, a ciência não tem descartado completamente o uso de canabinoides como agentes antipsicóticos ou até mesmo como características de pacientes que apresentam menos sintomas negativos da esquizofrenia em relação a outros tipos de substâncias.

Como é o caso do CBD, que apresenta potencial antipsicótico.

Estudo realizado na Espanha com 82 pacientes com diagnóstico de esquizofrenia, entre 18 e 45 anos, foram avaliados, durante seis meses, com o Addiction Severity Index (ASI) e com a Positive and Negative Syndrome Scale (PANSS).

Os pesquisadores concluíram que a “Cannabis e o tabaco podem melhorar os sintomas negativos da esquizofrenia ou os efeitos colaterais dos neurolépticos ou que os pacientes com menos sintomas negativos podem ter maior predisposição ao consumo. Já o consumo de álcool pode piorar esses sintomas.” 

Um artigo publicado na revista Psychiatric Times, em 2020, traz uma discussão sobre o estágio atual de evidências científicas que apoiam o uso de canabidiol na esquizofrenia, ansiedade e doença de Parkinson. 

A publicação afirma que, em 1982, um estudo das interações entre o THC e o CBD em voluntários saudáveis ​​forneceu a primeira evidência de que o CBD pode ter propriedades antipsicóticas.

O estudo administrou em um grupo CBD oral junto com uma alta dose de THC para investigar se o CBD poderia atenuar a ansiedade induzida pelo THC. Para a surpresa dos pesquisadores, além de aliviar a ansiedade, o CBD reduziu os sintomas psicóticos comumente induzidos pelo THC.

Outro estudo mais recente, de 2010, confirmou essa constatação feita pelos pesquisadores na década de 1980 de que o CBD tem potencial antipsicótico.

A publicação afirma que “os dados indicam que alguns dos efeitos do CBD na função cerebral e nos sintomas psiquiátricos estão na direção oposta aos do THC”  e que os “dados são consistentes com um papel terapêutico potencial para o CBD na melhoria das consequências psiquiátricas do uso de cannabis na população em geral e em pacientes com transtornos psiquiátricos existentes.”

Portanto, o canabidiol, o constituinte não psicoativo da Cannabis sativa, mostra-se como uma promessa significativa como um potencial antipsicótico para o tratamento da esquizofrenia

O tratamento com Cannabis pode ser para você!

Para saber se o tratamento com cannabis é o ideal para a sua condição ou de algum conhecido ou familiar, cadastre-se gratuitamente na plataforma! Consulte um médico prescritor e conte com todo o apoio da Dr Cannabis para ter acesso legal a medicamentos à base de cannabis. Caso já tenha cadastro, encontre um médico prescritor ao acessar o seu perfil.

É um médico e tem interesse na terapêutica canábica?

Há milhares de pessoas em busca de médicos prescritores. Nós também podemos ajudar com informações sobre o tratamento com cannabis medicinal. Junte-se a nós pela qualidade de vida de milhares de pacientes, faça seu cadastro como médico gratuitamente ou acesse o seu perfil.

Leia mais

Sintomas da depressão: entenda como a Cannabis pode ajudar

O que é Cannabis; saiba agora e comece sua terapia canábica

Gostou do artigo?

Loading...