maio 25, 2018

Chile: maior plantação de cannabis medicinal da América Latina

cannabis no mundo
2 min de leitura

No início de 2016, o Chile inaugurou a maior plantação de cannabis medicinal da América Latina. A Fundação Daya – organização sem fins lucrativos que pesquisa e promove terapias alternativas – e 15 municípios chilenos conseguiram uma autorização especial do Instituto de Saúde Pública (ISP) para realizar o projeto, cujo objetivo era tratar cerca de 4.000 pacientes gratuitamente.

A colheita de quase 7.000 plantas vem sendo utilizada para produzir óleo rico em CBD (canabidiol) para os pacientes chilenos e por várias universidades e laboratórios para testar terapias baseadas em cannabis medicinal. A pesquisa destina-se especificamente a beneficiar pessoas com problemas relacionados ao câncer, dor crônica e epilepsia. A plantação faz do Chile um dos países pioneiros na pesquisa de cannabis medicinal.

O Chile planta cannabis para fins médicos e realiza ensaios clínicos desde 2014. No entanto, era difícil para os pacientes obter acesso legalmente ao medicamento. Em dezembro de 2015, a presidente chilena, Michelle Bachelet, assinou a medida que legaliza a cannabis para uso médico. Isso ajudou a remover muitas das barreiras que os pacientes enfrentam na obtenção da cannabis medicinal. A medida também remove a cannabis da lista de drogas perigosas do país, classificando-a na mesma categoria do álcool. A legalização permite que produtos de cannabis sejam vendidos em farmácias de o todo o país.

Gostou do artigo?
Avalie:
Média de votos
Loading...